No marketing digital, existem diversas vantagens para a empresa do ramo alimentício. Com a presença nas mídias sociais, é possível conquistar e fidelizar clientes, estabelecendo um relacionamento, aumentar a visibilidade da marca e utilizar as plataformas digitais para vender ou divulgar o lançamento de produtos.
Para obter resultado, é necessário estar atento a alguns aspectos básicos da presença online. Vamos conferir?

1. Você sabe qual é o seu público?

É importante saber para quem os seus serviços são úteis. Ao determinar os traços do seu cliente potencial, a venda no ambiente virtual ganha muito mais destaque, pois tem o direcionamento correto. Informações como: idade, gênero, interesses, localização e renda média são fundamentais para elaborar uma estratégia efetiva de marketing digital.
Um exemplo: se o produto que você vende são carnes nobres, o seu público não se identifica com causas como o veganismo ou vegetarianismo. Além disso, ele investe em cortes de qualidade para o churrasco do fim de semana. Pareceu complexo? Calma, isso pode deixar que a Savannah faz por você!

Na produção de posts para redes sociais de uma empresa, utilizamos um recurso interessante e que facilita o direcionamento dos temas: a criação de uma persona, ou seja, a representação fictícia do cliente ideal do negócio. Ela é baseada em dados reais sobre comportamento e características demográficas do público, assim como suas histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações. Dessa forma, fica muito mais fácil acertar as ações e saber exatamente o que seus clientes querem e como se comunicar com eles.
Um dos nossos clientes do setor alimentício, por exemplo, angaria em média de 50 leads (contatos que demonstraram interesse por algum tipo de produto ou serviço) ao mês. No plano de ação, apresentamos a melhor estratégia a ser utilizada, a fim de gerar relacionamento com os clientes no ambiente virtual. A linguagem descomplicada e afável faz parte da brand persona (personalidade da marca) e expressões como “fala, jovem”, “fala, gurizada”, “sextou” e afins foram selecionadas para aproximar a marca do público durante as interações em comentários, mensagens diretas e nos conteúdos postados na página.

2. Imagem é tudo

Todo profissional que trabalha com alimentos sabe o quanto é verdade aquela afirmação que as pessoas “comem com os olhos”. Por isso, é importante que as fotos despertem o desejo (e a fome) em quem as visualiza. Fotografias dos seus próprios produtos são um excelente mecanismo de atração de clientes. Desta forma, a sua marca é valorizada e se diferencia dos demais concorrentes, fugindo dos bancos de imagem.

3. SAC 2.0

Aqui fica um alerta: não basta colocar seus posts nas redes e não interagir com os internautas. Isso cria uma impressão de desleixo. É necessário responder, curtir os comentários e interagir com o público. Você sabia que mais de 80% dos clientes esperam que uma empresa responda dentro de 24 horas? Um bom atendimento, que seja rápido e dedique atenção à cada situação, é fundamental para que a experiência do cliente seja excelente, de forma que a marca acaba ganhando seu carisma.
Para o sucesso de uma estratégia de marketing digital, o SAC 2.0 é essencial. Resumidamente, o SAC 2.0 é o atendimento via canais digitais. Por meio dele a nossa equipe de Estratégias Digitais interage nas páginas, monitora as curtidas, os compartilhamentos de postagens e as mensagens publicadas na timeline. Também respondemos aos comentários e mensagens publicadas na página e enviadas inbox. Com o SAC 2.0 é possível intervir nos problemas antes que tomem grandes proporções, além de prevenir reclamações e a má avaliação da marca e do produto.

4. Gerenciamento de crise

Eventualmente, é provável que surjam algumas situações em que se faça necessário por em prática o gerenciamento de crise. Produtos com aparência diferente do que foi anunciado, casos de infestação, comentários desrespeitosos, reclamações sobre o preço, a marca ou a falta de pontos de vendas, são algumas das situações em que são necessários uma estratégia e cuidado, para alcançar a solução dos problemas. Por isso, uma das premissas para o desenvolvimento de um plano de gerenciamento de crise efetivo é que seja preventivo e deve ser estabelecido entre agência e cliente garantindo que, durante o monitoramento, nenhuma das duas serem pegas de surpresa.

5. Monitore os resultados

Para mensurar os resultados, é importante saber como se começou. Por isso, fazemos a análise de dados como alcance dos posts, descobrimos o melhor horário para a publicação, se o conteúdo é relevante e interessante, além do número de visitas na página e de leads mensais. O monitoramento é essencial para realizar os ajustes necessários, a fim de melhorar o desempenho e visualização da marca e potencializar as vendas.
Gostou das dicas? A Savannah tem a estratégia perfeita para aplicar à sua empresa do ramo alimentício. Nossa equipe de Estratégias Digitais é experiente e está preparada para gerenciar o conteúdo do seu negócio nas redes sociais e definir os melhores planos para atingir objetivos como destacar sua marca e vender seus produtos!

Compartilhe nas redes sociais