Produzir conteúdo para sites e blogs de empresas nem sempre é uma tarefa fácil e divertida de se fazer. Requer tempo para fazer a curadoria do conteúdo, pesquisar tendências e acontecimentos pertinentes à área de atuação da organização, depois tem o tempo para planejar o conteúdo e, por fim, o tempo para escrever o texto.

Como a gente entende que esse processo todo dá um supertrabalho, separamos 6 ferramentas para otimizar a produção de conteúdo da sua empresa – de posts de Facebook a materiais como eBooks e infográficos. Aqui, na Savannah, não se produz nada sem antes pesquisar primeiro. Afinal, o achismo nunca deu certo, não é mesmo? Não tem como justificar para o cliente a verba destinada ao conteúdo digital se ela for usada para conteúdos que a gente “acha” que são relevantes para o público-alvo.

É muito importante pesquisar os assuntos mais pertinentes à área do cliente e o que é tendência nas redes sociais. E, por último, mas não menos relevante, as palavras-chave relacionadas ao negócio e ao público-alvo.

 

1. Social mention

Essa ferramenta tem foco em menções do Twitter. Basta digitar a palavra-chave (em português ou inglês) e logo vão aparecer as menções mais recentes utilizando o termo em questão. A plataforma mostra, por exemplo, qual a frequência que a palavra apareceu nas fontes de tráfego analisadas: Twitter, Reddit e WordPress. E, ainda, é possível encontrar a força da palavra, o sentimento (positivo ou negativo), as hashtags relacionadas ao assunto pesquisado e outras palavras-chave semelhantes.

 

 

2. Pinterest

Ele funciona como um grid de imagens que mostra conteúdos relevantes para o usuário, com base nas categorias pré-definidas na primeira seção. É ótimo para procurar inspirações e novas fontes de informação, pois, muitos veículos de comunicação possuem contas nessa rede atualmente. Além disso, alguns sites e apps possuem o botão de compartilhamento direto, dessa forma, você salva tudo que tem interesse em ver novamente e quando bater aquele bloqueio criativo, tá tudo lá, prontinho para ser usado.

 

 

3. Get pocket

Um parente do Pinterest, o Pocket, permite ao usuário, salvar materiais que ele viu na internet ou na própria rede. É possível ver depois ou que foi salvo, assim como criar pastas e categorias. E o melhor de tudo: dá para logar com as contas do Facebook, Gmail e até mesmo com o e-mail corporativo.

 

 

4. Feedly

Essa ferramenta funciona como um grande filtro de conteúdo: ela seleciona artigos de diferentes portais com base nos seus gostos e interesses. Você pode, assim como na Pocket, criar categorias. Por exemplo, se sua empresa é do ramo de gastronomia, você pode criar categorias de vida saudável, carnes, massas, peixes e sobremesas. É só deixar a imaginação fluir, e claro, sempre selecionando o que mais tem relação com o público-alvo da sua empresa ou do seu cliente.

 

 

5. Buzzmo

Por último, mas não menos importante, selecionamos a Burzzmo. Essa plataforma funciona da seguinte forma: você digita o termo que deseja e ela te mostra os melhores conteúdos relacionados a essa palavra-chave. Pode ter a palavra no título ou o assunto pode ser relacionado. Ela sempre vai mostrar o que tem de melhor, ou seja, conteúdos com altas taxas de engajamento (compartilhamentos, comentários e curtidas).

 

 

Vale lembrar: essas ferramentas são ótimas para nos ajudar a achar fontes de ideias e ficar atualizado sobre o que está acontecendo no mercado, nada mais do que isso. Elas não são milagrosas, muito menos resolvedoras de problemas. Essa é a tarefa do planejador de conteúdo.

Compartilhe nas redes sociais