Empresários que participam do 3º Festival Gastronômico dos Campos Gerais apostaram no sabor tropeiro para atrair turistas. Produtos à base de bacon, feijão preto, café e charque, ingredientes típicos nas comidas tropeiras, dão um toque especial e prometem despertar a atenção durante o Festival, que segue até o dia 31 de julho. Nesta edição, 17 estabelecimentos, que integram a Rede Gastronômica dos Campos Gerais (RGCG), participam da ação, com um total de 20 pratos.  A ação tem patrocínio da Alegra Foods e Café Lontrinha, com apoio do Sebrae/PR.

Estabelecimentos como panificadoras, confeitarias, pizzarias, restaurantes, espaços para eventos, hotéis estão entre os participantes do Festival. Conforme o diretor da RGCG, Cristhian Dystra, a ideia é incrementar o fluxo de clientes nas empresas, evidenciar a Rede e fomentar a economia local.

“Na primeira edição do evento os produtos tiveram ingredientes como o pinhão e mexerica. No ano seguinte, mantivemos a mexerica e incluímos o bacon. Agora, aumentamos o leque de produtos para que novos pratos pudessem ser ofertados”, explica.

A RGCG foi fundada em 2014, e desde seu início conta com o apoio do projeto de Turismo MICE, que é o turismo de negócios e eventos, do Sebrae/PR, lançado em 2013. “O sabor tropeiro é uma forma de homenagear o tropeirismo, movimento importante para a região dos Campos Gerais”, diz a consultora do Sebrae/PR, Nádia Joboji.  Para ela, o Festival é mais uma oportunidade para empresas inovarem nos seus produtos e serviços e contribuírem com a identidade gastronômica da região.

As empresas participantes do Festival Gastronômico dos Campos Gerais são a Bellumo Massas, Empório da Pizza, Frederica´s Koffiehuis, Fresh Vida Saudável, Parque Histórico de Carambeí, Lumen Café, Brioche, Parada do Pão de Queijo, Pátio Bella Vista, Premium Vila Velha Hotel, Questão de Comida, Restaurante Porto Belo, Villa Margarida, Sabor pra Vida, Trattoria Fiorentini, Vila Coruja e Vison Motel.

Compartilhe nas redes sociais